Adhonep  |  Bíblia On-line  |  Profissionais Evangélicos

 
 Busca: Em: |Fale Conosco| [Administração do site] Início

 MSEvangélico, 29/08/2014 - Um Site a Serviço do Reino de Deus      

Vem aí o 4° Congresso de Adoração e Palavra Profética em Aquidauana dias 08 e 09 de Maio!!!

 

MENU PRINCIPAL

Pois não me envergonho do Evangelho, porque é poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê...
(Rom 1:16)

SERVIÇOS

 Agenda
 Classificados
 Galeria de fotos
 Igrejas
 Notícias
 Profissionais

PASTORAL

 Estudo Bíblico
 Devocional
 Artigos

INTERATIVIDADE

 Show da Bíblia
 Mural
 Mande Notícias
 Pedido de oração
 Pergunte ao pastor
 Fale conosco
 
 Enquete
 

 

Ano que vem, vamos ter eleições. Você está apto para votar (tirou o título, votou, transferiu, justificou)?

 

Sim

Não

Não participo de eleições

Indiferente

 

 

 
 Notícias
  Temas Bíblicos: O voto de sacrifício individual

 

 

VOTO DE SACRIFÍCIO OU SACRIFICIAL é o empenho voluntário de uma palavra (promessa) a Deus (ou a outra pessoa). Na Bíblia Sagrada, o voto tem o caráter de sagrado e não pode ser revogado. O voto de sacrifício ou sacrificial corresponde basicamente a uma troca, pois quem o faz promete dar a Deus (ou a quem votou) uma coisa, em troca de outra. Mas, em algumas vezes, pode constituir-se loucura de quem faz o voto, como o exemplo de Jefté (Juízes 11.30-40) e Saul (1Samuel 14.24-35). Para que o voto seja legítimo é necessário que se observe os seguintes requisitos: 1-Voluntariedade. 2-Consciência. 3-Responsabilidade. 4-Conformidade com a Palavra de Deus. O cristão não é obrigado a votar, mas se o fizer, obrigar-se-á a cumpri-lo, pois Deus não se agrada de tolos. O texto de Eclesiastes 5.4 assim informa, literalmente: “Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque Deus não se agrada de tolos. O que votares, paga-o”. Existem dois tipos de votos: o voto de sacrifício individual e o voto sacrificial coletivo. Agora, estudaremos o primeiro tipo de voto:

Voto de sacrifício individual é aquele feito por uma só pessoa, que envolve uma ação da própria pessoa que votou. A Bíblia Sagrada registra pelo menos seis votos de sacrifício individual. E, essas pessoas são: 1-Jacó (Gênesis 28.29). 2-Jefté (Juízes 11.30,31). 3-Ana (1Samuel 1.10-17). 4-Davi (2Samuel 24.10-25). 5-Absalão (2Samuel 15.7-10). 6-Paulo, o apóstolo (Atos 18.18).

1-O primeiro voto de sacrifício individual na Bíblia encontra-se no texto de Gênesis 28.20-22, e quem o fez foi Jacó, quando prometeu a Deus que lhe daria o dízimo de tudo o que ganhasse, se Deus fosse com ele e o guardasse naquela viagem, dando-lhe o pão de cada dia e o que vestir, e que ele voltasse em paz para a casa de seus pais. E assim aconteceu, pois cerca de 20 anos depois Jacó voltou para sua terra, rico, casado e com muitos filhos. Deus cumpriu a sua parte no acordo, e Jacó, por outro lado, obrigou-se a cumprir a sua.

2-O segundo voto de sacrifício individual registrado na Bíblia está no texto de Juízes 11.30-40, e quem o fez foi Jefté (ou Jeftá). Porém esse voto de Jefté demonstrou ser um voto apressado, senão totalmente desastrado. No entanto, foi um voto sacrificial e teria que ser cumprido. Nesse caso, Jefté votou (prometeu) que se Deus lhe desse a vitória total sobre os exércitos amonitas, ele ofereceria em holocausto a Deus a primeira pessoa (homem ou animal) que lhe viesse ao encontro na sua volta para casa. E quem lhe veio ao encontro da sua volta para casa? A sua filha única, com adufes e danças. E Jefté muito se arrependeu de seu voto apressado, porém teve que cumpri-lo. E assim sua filha foi oferecida em holocausto. E sabem o que significa HOLOCAUSTO?

HOLOCAUSTO significa: sacrifício levítico que consiste na queima completa da vítima animal sobre o altar. Na época da 2ª Guerra Mundial o termo passou a designar a matança sistemática dos judeus pela Alemanha nazista, então governada por Gustavo Adolfo Hitler. Portanto, Jefté teve que matar a própria filha, em razão de seu voto desastrado.

3-O terceiro voto de sacrifício individual registrado na Bíblia encontra-se em 1Samuel 1.11-20, e quem o fez foi Ana (que era estéril), a esposa de Elcana. Ela prometeu a Deus que se ELE lhe concedesse um filho, ela o ofereceria desde o seu nascimento para o serviço do Senhor. E assim aconteceu: Ana concebeu um filho a quem chamou de Samuel. Ela o entregou aos cuidados do sacerdote Eli, para que o criasse no Templo da cidade de Siló, onde ele morava, e o instruísse na Palavra de Deus. E Samuel foi, desde moço, um grande profeta de Deus.

4-O quarto voto de sacrifício individual que se encontra na Bíblia está no texto de 2Samuel 24.10-25 e foi feito pelo rei Davi, ao comprar as terras de Araúna, o jebuseu (também conhecido como Ornã), para edificar um Templo ao Senhor Deus. Com esse voto sacrificial Davi queria que Deus fizesse parar a pestilência que havia sobre a terra de Israel, pelo fato dele, Davi, orgulhosamente, haver mandado fazer um censo do povo de Israel contra a vontade de Deus, que determinara que não se contasse a descendência de Abraão (Gênesis 15.5,6).

5-O quinto voto de sacrifício individual que se encontra na Bíblia está no texto de 2Samuel 15.7-10, e quem informou havê-lo feito foi Absalão, filho do rei Davi, de Israel. Absalão informou ao seu pai Davi que havia prometido a Deus, quando morava em Gesur, na Síria, que se conseguisse voltar em paz a Jerusalém, ele passaria a ser um verdadeiro servo do Senhor Deus. Acreditando ser verdadeiro o voto do filho, Davi autorizou que ele fosse pagar o seu voto na cidade de Hebron, acompanhado de uma comitiva de 200 homens. Mas na verdade, o que Absalão queria era formar um grandioso exército para destronar o seu pai. Absalão não chegou a pagar o seu voto a Deus, mas acabou sendo morto por Joabe, general do exército de Davi (2Samuel 18.9-18).

6-O sexto voto de sacrifício individual registrado na Bíblia está em Atos 18.18, e trata-se de um voto de nazireu ou nazireado feito pelo apóstolo Paulo, na cidade de Cencréia. O voto de nazireu tratava-se de não cortar o cabelo por certo tempo, e ao fazer tal corte, tanto o ato (de cortar) quanto o cabelo (cortado) eram totalmente dedicados ao Senhor Deus. O primeiro voto de nazireu que temos conhecimento na Bíblia está no Velho Testamento e trata-se do voto de Sansão. O voto de nazireu ou nazireado de Sansão era de caráter permanente, ou seja, ele manteria a sua força sobre-humana, dada por Deus, enquanto não deixasse raspar a sua cabeça. A diferença existente entre o voto de Paulo e o de Sansão está na voluntariedade (manifestação de vontade). No caso de Sansão, foi o próprio Deus quem estabeleceu o voto. Este voto envolvia Sansão e seus pais (Portanto, não era um voto sacrificial indivual). No caso de Paulo, ele mesmo fez o voto ao Senhor.

 
Fonte: Dr. Venâncio Josiel dos Santos – Presidente da AELA/MS

 
 Publicidade

 

 Mais Notícias
29/08/2014

9:12 Devocional: Jesus, o Bom Pastor

28/08/2014

9:13 Agenda de oração: 25 a 31 de Agosto de 2014

9:08 Escritores Bíblicos: Lucas, o médico amado

19/08/2014

8:37 Escritores Bíblicos: Marcos, o Evangelista

8:23 Devocional: A mordomia extremada

18/08/2014

8:46 Agenda de oração: 18 a 24 de Agosto de 2014

8:43 Devocional: O aspecto legal da mordomia

17/08/2014

8:36 Devocional: O espírito liberal de um rei

08/08/2014

6:59 Devocional: A intercessão de Abraão

05/08/2014

8:59 Escritores Bíblicos: Mateus, o coletor de impostos

31/07/2014

8:59 Devocional: A ordem paulina

30/07/2014

7:24 Devocional: O resultado do ministério do ensino

29/07/2014

7:33 Escritores Bíblicos: Malaquias, o profeta da prosperidade

7:28 Devocional: Uma vida que recebeu o ensino

28/07/2014

11:34 Agenda de oração: 28 de Julho a 03 de Agosto de 2014

11:30 Devocional: O treinamento necessário

26/07/2014

8:10 Devocional: A leitura da Palavra de Deus

25/07/2014

9:57 Agenda de oração: 21 a 27 de Julho de 2014

22/07/2014

7:54 Escritores Bíblicos: Zacarias, o profeta prático

19/07/2014

9:16 Artigo: Direitos gays enfrentam bloqueios no mundo inteiro

9:10 Artigo: Os sovietes de Ariovaldo Ramos

18/07/2014

8:48 Devocional: Um momento glorioso

17/07/2014

7:47 Devocional: Tendo piedade dos que se perdem

16/07/2014

9:15 Artigo: A raiz de todos os males

8:47 Devocional: Mantendo a identidade

15/07/2014

9:45 Escritores Bíblicos: Ageu, o profeta sacerdote

9:41 Devocional: Evangelização, uma tarefa de amor

10/07/2014

7:28 Devocional: Uma igreja exemplar

09/07/2014

9:14 Agenda de oração: 07 a 13 de Julho de 2014

9:08 Devocional: A visão do "outro"