Adhonep  |  Bíblia On-line  |  Profissionais Evangélicos

 
 Busca: Em: |Fale Conosco| [Administração do site] Início

 MSEvangélico, 25/10/2014 - Um Site a Serviço do Reino de Deus      

Vem aí o 4° Congresso de Adoração e Palavra Profética em Aquidauana dias 08 e 09 de Maio!!!

 

MENU PRINCIPAL

Senhor, tu me sondas, e me conheces.
(Sl. 139:1)

SERVIÇOS

 Agenda
 Classificados
 Galeria de fotos
 Igrejas
 Notícias
 Profissionais

PASTORAL

 Estudo Bíblico
 Devocional
 Artigos

INTERATIVIDADE

 Show da Bíblia
 Mural
 Mande Notícias
 Pedido de oração
 Pergunte ao pastor
 Fale conosco
 
 Enquete
 

 

Em quem você vai votar para presidente? Embora você tenha a opção de votar em branco ou nulo, sugiro que vote em um dos dois

 

Aécio

Dilma

Em branco

Nulo

 

 

 

 Estudos Bíblicos

 

Não endureçais o vosso coração


Se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração


"ASSIM, POIS, COMO DIZ O ESPÍRITO SANTO: HOJE, SE OUVIRDES A SUA VOZ, NÃO ENDUREÇAIS O VOSSO CORAÇÃO COMO FOI NA PROVOCAÇÃO, NO DIA DA TENTAÇÃO NO DESERTO". ( Hb. 3: 7-8).

UMA ADVERTÊNCIA DO DESERTO

O autor indica que, ao longo de toda a nossa vida, a oportunidade de progredir jamais cessa, visto que DEUS está diariamente a nos chamar. Sempre que a fé responde à proclamação do evangelho, assim como a prática de pregar é contínua ao longo de todo o curso da vida, então ela deve ser aperfeiçoada mediante o crescimento da fé. Dessa forma, visto que DEUS jamais cessa de falar, não basta que recebamos sua doutrina com disposição mental, a menos que demos provas de que lhe somos obedientes com a mesma aptidão hoje, amanã e sempre.
Como se observa mediante a reiteração desta advertência bíblica, o autor sagrado mostra a seriedade do problema com que se defrontavam. Ele os conclamava para que dessem ouvido à voz de DEUS, através das Escrituras, nas quais confiavam. Se rejeitassem a CRISTO, automaticamente se tornariam surdos para com DEUS e sua mensagem. Por mais que respeitassem às Escrituras, se deixassem de reconhecer nelas a pessoa de CRISTO, isso lhes serviria apenas de laço, e não de um manancial de bênçãos e de instruções espirituais.
DEUS continua a falar até o dia de hoje: ele pode fazê-lo através de um sorriso de uma criança, da memória das orações de u'a mãe, da agonia de um teste ou de uma perda; ele também pode falar através da grandiocidade de sua criação, do vôo de um pássaro ou da beleza do sol poente.
Mas a voz divina, para aqueles judeus cristãos, far-se-ia ouvir mais poderosamente nas Escrituras do A.T., pois estas apontam tão vividamente para a pessoa de JESUS CRISTO.
É diária a nossa necessidade de progresso e de constância renovada em JESUS CRISTO; e isso fica demonstrado pelo fato de que DEUS nos chama diariamente a renovarmos a nossa lealdade a ele, combatendo o bom combate da fé e mantendo os olhos no alvo distante mas atingível.
Essa citação ilustra para nós a necessidade diária de renovação e perseverança. A gerão do deserto falhou, tendo passado por muitas provas.
Na comunhão da experiência, falharam, finalmente. Toda a experiência acumulada resultou em um zero. O autor sagrado adverte-nos acerca da mesma coisa, que potencialmente pode ocorrer conosco. Devemos dar atenção, por conseguinte, às experiências diárias, porquanto elas é que, finalmente, nos levam à derrota ou à vitória. Nossa perseverança necessária é cultivada mediante o fato que diariamente damos atenção à voz de DEUS; e assim evitarmos a dureza de coração que resulta da negligência, da estagnação, do desvio e do engano do pecado.

"PORQUE NOS TEMOS TORNADO PARTICIPANTES DE CRISTO, SE, DE FATO, GUARDARMOS FIRME, ATÉM O FIM, A CONFIANÇA QUE, DESDE O PRINCÍPIO, TIVEMOS". (Hb. 3:14).

Como nos é permitido observar, o presente texto nos apresenta uma advertência do deserto. Ensina-nos que a própria geração à qual foi dada a lei, aqueles que experimentaram libertação do Egito, que viram muitíssimos prodígios, essa foi justamente a geração que falhou. Mediante muitas queixas, finalmente apostataram de Moisés. Foi essa a geração que contemplou as poderosas obras de DEUS por quarenta anos.
Milagres, sinais e maravilhas não foram suficientes para mante-los firmes. Aquela foi a geração que nunca entrou no descanso prometido, na terra que lhes foi dada para possuírem. E nisso encontramos uma vívida lição. É possível alguém ter muitos privilégios e grandes líderes, enviados por DEUS. É possível alguém ver o poder miraculoso do ESPÍRITO SANTO em operação. É possível alguém receber grandes vantagens espirituais, ter até mesmo experiências pessoais com as maravilhas do ESPÍRITO e, no entanto, deixar-se arrastar pela frieza, e, finalmente, pela apostasia.
Essa é uma séria mensagem, apresentada a cristãos, e não a alguma audiência hipotética e fantasma. É uma mensagem que deve ser considerada como seriedade por cada leitor e assim concluirmos que se dermos atenção à voz de DEUS, isso poderá impedir que cheguemos à mesma experiência desastrosa.

Portanto, "ELE É O NOSSO DEUS, E NÓS, POVO DO SEU PASTO E OVELHAS DE SUA MÃO.
HOJE, SE OUVIRDES A SUA VOZ, NÃO ENDUREÇAIS O CORAÇÃO, COMO EM MERIBÁ, COMO NO DIA DE MASSÁ, NO DESERTO". (Salmo, 95: 7-8).

Fontes. Bíblia Sagrada
Livros: N.T. Interpretado,Epístola aos Hebreus


 

 
 Publicidade

 


Desenvolvimento: DouraSites Informática (421-0658 / 9996-8222) dourasites@hotmail.com